“Esqueça um livro” com Astrid

Convidei algumas personalidades para esquecer livros comigo. A ideia é que elas esqueçam títulos da própria estante para que a partir daí surjam uma série de reflexões e inquietações sobre o tema.

Muita gente bacana já passou por aqui, como Jean Wyllys, Liliane Prata, Ivan Martins, Soninha Francine, Jonas Almeida, Carolina Estrella, dentre outros.

Minha primeira convidada foi a apresentadora Astrid Fontenelle, dos programas Saia justa e Chegadas e partidas, ambos do GNT. Considerada uma das mais versáteis jornalistas da TV brasileira, Astrid tem um sorriso benevolente e um olhar atento sobre o outro.

***

Colecionadora de boas histórias, contou que tem vários projetos de livros engatilhados, mas que ainda não se sente pronta para o próximo passo. No entanto, admite que suas inquietações estejam sempre no papel quando escreve.

***
Nascida no Rio de Janeiro em 1961, mesmo ano em que o escritor norte-americano Richard Yates era aclamado pela crítica por Foi apenas um sonho e o mundo se despedia de Ernest Hemingway. Filha de professora sempre esteve cercada por livros, mas a paixão por eles surgiu anos mais tarde quando descobriu nomes como Aldous Huxley, Paulo Leminski, Zuenir Ventura e Robert M. Pirsig.

***
Hoje o hábito a faz ler vários livros simultaneamente, como acontece agora com Bling Ring, Toda poesia e Casagrande. Mas não dispensa os livros sobre religiões e se pudesse seria uma personagem dos livros de Jorge Amado.

***

Apaixonada pela literatura adora presentear amigos e o filho Gabriel. Recentemente compraram juntos o O homem deu nome a todos os bichos, de Bob Dylan, inspirado na canção Man gave names to all the animals, lançada em 1979. A busca por obras infantis se dá sempre por títulos inusitados e com o filho redescobriu o universo de Monteiro Lobato e Ruth Rocha.


***
Madrinha de uma biblioteca na cidade de Souto Soares (Bahia), Astrid tem em sua casa um paredão de livros, que tenta organizar sempre por ordem alfabética. Até hoje guarda os livros que foram de sua mãe e confessa o seu apego por eles.

***
Dentre os autores que sempre acompanha estão Alain de Botton, Zuenir Ventura, biografias e as listas de mais vendidos. Nunca escolhe um livro pela capa, mas admite ser seduzida pelas pilhas de livros nas livrarias. Gosta do cheiro dos livros, do ritual de manusear folha por folha, de sentir o papel. Adepta as redes sociais, tem se aventurado em leituras no Kindle, mas não acredita no fim do livro.

***
Astrid acredita que existe esperança na Educação e que a curiosidade é a grande mola propulsora do mundo. “Ser curioso, ler de tudo”.

***
Juntos esquecemos o Admirável mundo novo, que leu pela primeira vez em 1979. Que possamos juntos transformar o mundo em que vivemos.

***
“Isso de querer ser exatamente o que a gente é,
ainda vai nos levar além”. Paulo Leminski

astrid

Anúncios

Sobre Felipe Brandão

Sou jornalista, apaixonado por livros, séries, música, viagens e comportamento. Acredito na magia dos encontros verdadeiros e que escrever purifica a alma, acalma o coração e enche a vida de esperança. Em 2013, criei o @EsquecaUmLivro e desde então tenho tido experiências incríveis. Você também pode me encontrar nas redes sociais como @EuFeBrandao.
Esse post foi publicado em Entrevista. Bookmark o link permanente.

2 respostas para “Esqueça um livro” com Astrid

  1. Maravilha!!!
    Adorei!!!! Me senti até famosa agora, já que também fiz a mesma coisa, rsrs. E que isso se torne uma febre!

    Bjks

  2. Ricardo disse:

    Admirável mundo novo: que livro maravilhoso para se esquecer e, principalmente, encontrar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s